Glossrio de cor CECOR
Violeta, a cor que remete a reflexões sobre o céu e a terra


A cor violeta é a que mais expressa a vida espiritual do homem. No plano físico, a luz violeta está situada no espectro cromático da faixa que vai dos 380 aos 440 nanômetros. É considerada a primeira cor do espectro porque possui o menor comprimento de onda.
Nelson Bavaresco*, designer e estudioso da cor, explica que essa percepção depende do ângulo de visão em relação ao espectro, quando a violeta pode ser também a ultima luz cromática. A freqüência de radiação e essa ambigüidade de estar conectada a dois lados é o que faz a cor violeta ser introspectiva ao homem. A vibração dessa cor é de aproximadamente 750 trilhões de vezes por segundo, sendo tão penetrante quanto as ondas da radiação ultravioleta. Aqui começam as analogias que dizem que essa é uma cor penetrantre. “As pessoas entendem que o violeta penetra a emotividade da alma, sendo dessa forma uma cor espiritual, ao contrário do vermelho, que atinge o corpo somente de forma superficial”, observa Bavaresco.

Nas escala das sete cores do homem, violeta completa uma oitava, que significa uma busca de perfeição em outro plano. Essa cor representa o estágio mais elevado do homem em sua ascensão espiritual, informa o designer, ponderando contudo que essa ascensão possui um lado negativo, levando a caminhos nebulosos, no que se assemelha a trocas alternadas, parecidas com a morte, seguida da reencarnação. A cor violeta está ligada a questões místicas e esotéricas, representando também o mistério da vida. A religiosidade é uma das manifestações relacionadas a essa cor. Em contrapartida, está ligada também a situações fúnebres, de morte, de distanciamento e saudade. Bavaresco diz que o gosto por essa cor pode representar sensibilidade, mas também insegurança e instabilidade emocional. Segundo as pesquisas de Bavaresco, crianças gostam do violeta porque procuram por um sentido espiritual para suas vidas.
Simbolicamente, representa “a passagem da vida para a morte”. Em virtude dos efeitos depressivos desse matiz, estar envolto dessa cor é como mergulhar no inconsciente, mostrando até um certo desejo de morrer.

Bavaresco observa que em alguns países da Europa é costume enviar violetas aqueles que estão distantes, para expressar a saudade. No Cristianismo, a paixão de Cristo é representada pela cor violeta. Infantilidade, solidão, desgosto, mistério e melancolia são outras palavras que demonstram os fatores introspectivos dessa cor.
 
(*) Nelson Bavaresco - designer gráfico e pesquisador. Ministra cursos e treinamentos sobre Teoria e História das Cores – Linguagem e Significado da Cores - Harmonia e Mistura de Cores. É autor do Sistema de Cores Cecor.
 
Texto publicado originalmente em:
http://www.mundocor.com.br/cores/cor_violeta.htm


© 2010 - 2017  Gerart Design e Recursos Visuais Ltda, para todos os textos e imagens.